Nova turma do curso de vela oceânica



"As aulas estão suspensas por enquanto"

Direto ao assunto:

Para ir direto ao assunto sobre as aulas de vela clique aqui

e-mail:
veleirobigrider@gmail.com

Skype: luisebcardoso41

Telefone: (21) 818-79618

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

E a jubarte morreu!

Depois de tantas tentativas, a baleia morre. Foram 36 horas de agonia. É bem difícil ver um animal desses morrer desta forma.
Agora será filetada e jogada no lixão. Um amigo nosso lá do Jurujuba (Ronaldo do Timshel), voltou agora do cruzeiro da costa leste. Perguntei a ele se havia visto muitas baleias. Resposta: "olha, acredito até que a caça às baleias será liberada! Vi muitas baleias Jubarte". Será mesmo que a grande incidência de encalhes este ano na costa brasileira, quase 80 ao todo, a grande maioria de jubartes, pode estar sendo devido ao aumento da população destes animais? Se for, deveríamos começar a pensar em nos organizarmos para que sejam formados grupos de apoio a estes cetáceos, pelo menos, na época da passagem delas aqui pelo nosso litoral. Caso a pensar. Fui.

Um comentário:

Ronaldo disse...

Luis,
Realmente a população de jubarte pode estar no limite do razoável.
Na travessia de Vitória para Abrolhos, dos 55 veleiros, 4 abalroaram baleias à noite. No meu caso não cheguei bater, porem levei um grande susto ao passar ao lado de uma que estava respirando, enquanto dormia à flor d'água, e à deriva, obviamente.